Guia Money › Como o Imposto de Renda é calculado

FINANÇAS PESSOAIS

Como o Imposto de Renda é calculado

Ana Rosa
Escrito por Ana Rosa em agosto 3, 2019
Como o Imposto de Renda é calculado
Junte-se a mais de 1000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

O Imposto de Renda é um tributo cobrado anualmente e que é calculado baseando-se na renda mensal do contribuinte.

Assim , o valor do seu salário e outros recebíveis são considerados na hora do cálculo.

Apesar disso, o processo é mais complexo do que parece e envolve alíquotas diferentes e outros detalhes.

Bom agora você vai entender uma vez por todas como o Imposto de Renda é calculado.

Qual é a influência dos recebimentos no cálculo do Imposto de Renda?

Não é todo recebimento que entra na conta do Imposto de Renda. De maneira geral, há uma divisão entre rendimentos tributáveis e rendimentos isentos.

O seu salário, por exemplo, é um rendimento tributável, mas uma bolsa de estudos de um doutorado não é.

O valor recebido por um aluguel, por sua vez, é um rendimento tributável, enquanto o recebimento que você teve ao final do ano pela poupança é isento.

Assim, o imposto só é calculado com base nos rendimentos tributáveis. Há também faixas que definem qual a alíquota a ser paga.

A tabela atual é a seguinte:

  • Até R$ 1.903,98: isento;
  • De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65: alíquota de 7,5%;
  • De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05: alíquota de 15%;
  • De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68: alíquota de 22,5%
  • Acima de 4.664,68: alíquota de 27,5%.

Os limites anuais são encontrados multiplicando esses limites por 12 — o que significa que a faixa de isentos, por exemplo, vai até R$ 22.847,76.

Qual o impacto dos descontos mensais para o INSS no Imposto de Renda?

Todo trabalhador que está sob o regime da CLT é obrigado a contribuir com a Previdência Social.

O valor dessa contribuição varia de acordo com a faixa salarial, mas em todo caso influencia o cálculo do Imposto de Renda. 

Isso porque a parcela paga ao INSS deve ser descontada na base de cálculo do Imposto de Renda.

Com isso, é possível que uma pessoa saia de uma faixa de tributação para uma com alíquota menor devido a esse desconto.

Como são feitas as deduções de Imposto de Renda?

De maneira geral, o Imposto de Renda é calculado sob uma base de cálculo que dificilmente corresponde ao salário bruto.

Além do desconto do INSS, é possível fazer outras deduções, de modo a diminuir o valor do imposto a ser pago.

É possível fazer deduções a respeito de dependentes, assim como de gastos relacionados à saúde e à educação ou investimentos na previdência privada.

É preciso consultar as regras da Receita para as deduções, inclusive os limites de gastos.

Como calcular o seu Imposto?

Ainda está confuso? Então vamos partir para um exemplo fictício: imagine que você receba R$ 5 mil por mês.

Esse é o seu salário bruto e não corresponde à base do Imposto de Renda. 

Para achar esse valor, é preciso começar deduzindo a parcela do INSS, que corresponde a 11% do valor e origina uma parcela de R$ 550.

 Com isso, a sua base de cálculo é de R$ 4.450.

Ou seja, e sobre esse valor que é calculado o Imposto de Renda.

Conhecendo esse cálculo, vai ficar mais fácil manter o controle e ficar em dia com o leão!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Junte-se a mais de 1.000 pessoas